ACONTECE

Como administrar o passivo trabalhista da empresa?
  • 02-10-2017
No dia-a-dia das empresas uma grande preocupação é, sem dúvida, o passivo trabalhista, motivo pelo qual surge o questionamento: como diminuí-lo ou evitá-lo?
 
Ninguém pode impedir um funcionário ou ex-funcionário de propor uma reclamação trabalhista contra o seu empregador ou ex-empregador. Isso porque o direito de ação (petição) está previsto na Constituição Federal e não pode ser suprimido.
 
Assim, as empresas devem sempre buscar focar na prevenção de ações, e a melhor maneira de fazer isso é respeitando a lei e garantindo um ambiente de trabalho sadio e seguro para os seus colaboradores.
 
Sabemos que a cada dia são criadas mais leis e regras para as empresas cumprirem e nem sempre são claras, dificultando a vida dos empresários.
 
Por isso é muito importante consultar uma equipe jurídica, que poderá auxiliar a empresa antes dos problemas começarem a aparecer ou logo no seu início, estacando-os e impedindo que situações similares se repitam ou se posterguem no tempo.
 
Também é importante a sintonia entre os diversos setores internos da empresa, como recursos humanos e financeiro, para que todos os envolvidos na relação de trabalho caminhem juntos.
 
O EAA está preparado para auxiliar e orientar a sua empresa na administração do passivo trabalhista, diminuindo e até evitando novas demandas.
Autor: Cláudia Regina Klinguelfus Vichi

- Newsletter -

- Sobre Nós -

​Escanhoela Advogados Associados - EAA tem sua história vinculada há décadas com a atividade forense, cujo início remonta ao ano de 1949 quando o patriarca da família, Lázaro Paulo Escanhoela, iniciou suas atividades como funcionário do Fórum da Comarca de Piedade.

- Estamos aqui -

- Endereço -