ACONTECE

EAA | Coletânea Prevenção de Litígios no Direito Societário - A Importância da Preservação da Empresa - Tema 10/10
  • 24-05-2018
Ninguém cria uma empresa com o intuito de vê-la fracassar e encerrar suas atividades. Os que se dispõem a se aventurar no mundo empresarial ao certo sempre desejam que a atividade na qual investiram seja um sucesso e se prolongue indefinidamente no tempo, ou seja, sem previsão de encerramento.
 
E tendo em vista a intenção de perenidade da empresa, a prevenção de litígios societários é extremamente necessária.
 
Como tratado no correr desta coletânea de artigos, a ruptura entre os sócios quanto ao consenso na forma de administrar e gerir a sociedade pode levar a mesma a sofrer imensos prejuízos e até mesmo, no pior dos cenários, falir, situação essa que não é almejada por nenhuma pessoa.
 
Vale lembrar que a preservação da atividade empresária não atende somente aos interesses dos sócios ou acionistas, mas à toda a sociedade.
 
Uma empresa em bom funcionamento gera empregos, consumo de sua atividade (seja entre pessoas jurídicas ou junto ao consumidor final/pessoa física), enfim rotatividade de recursos de uma maneira geral, o que beneficia a todos.
 
Quando uma empresa se encerra, por sua vez, temos um cenário socialmente catastrófico: muitos empregos perdidos, consequente diminuição de rendas familiares e de consumo no mercado como um todo (o que irá recair sobre o fluxo de caixa de outras empresas), prejuízo a cadeias produtivas em que a empresa finda era parte, etc.
 
O que se busca mostrar aqui é que prevenir litígios entre sócios e acionistas de uma pessoa jurídica é algo que beneficia não só àqueles que estão interessados nos lucros provenientes da atividade empresária, mas sim à toda a sociedade.
 
Prevenir litígios garante o bom desenvolvimento da atividade empresária e, consequentemente, a perenidade da mesma, ficando evidente assim a transcendência do tema e sua importância não apenas no mundo empresarial, mas no cotidiano de todos que são de alguma forma atingidos pelas atividades comerciais, o que, no mundo de hoje, significa toda a sociedade.
Autor: Raquel Fernanda Guariglia Escanhoela

- Newsletter -

- Sobre Nós -

​Escanhoela Advogados Associados - EAA tem sua história vinculada há décadas com a atividade forense, cujo início remonta ao ano de 1949 quando o patriarca da família, Lázaro Paulo Escanhoela, iniciou suas atividades como funcionário do Fórum da Comarca de Piedade.

- Estamos aqui -

- Endereço -