ACONTECE

Notícias Febraban COVID-19
  • 01-04-2020
O setor bancário do Brasil já adotou algumas medidas para tentar amenizar o impacto econômico das medidas de contenção decorrentes da pandemia do COVID-19.
 
Segundo notícia divulgada pela FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos) em 20.03.2020, no dia 16.03.2020 os cinco maiores bancos associados (Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Bradesco, Itaú e Santander) anunciaram seu compromisso “em atender pedidos de prorrogação, por 60 dias, dos vencimentos de dívidas de clientes pessoas físicas e micro e pequenas empresas para os contratos vigentes em dia e limitados aos valores que já foram usados pelo consumidor”, devendo os interessados contatar seu banco para verificar condições aplicáveis.
 
Em relação ao Banco do Brasil, além da prorrogação de parcelas, haverá diluição da incidência de juros ao longo do cronograma de pagamentos.
A CEF divulgou a possibilidade de pausa de até dois encargos para contratos habitacionais de pessoa física ou pessoa jurídica, preenchidos alguns requisitos.
No Banco Itaú para financiamentos de imóveis e veículos, se o cliente está em dia com os pagamentos, poderá postergar a próxima parcela por 60 dias.
O Santander afirmou que a iniciativa irá abranger linhas de crédito pessoal, crédito direto ao consumidor e financiamento imobiliário e, além da prorrogação da dívida, aumentou em 10% os limites dos cartões de crédito de clientes com as faturas em dia.
Por sua vez, o Bradesco vai reduzir as taxas de suas principais linhas de crédito, acompanhando a redução da taxa Selic.
Seguindo orientação do Banco Central os bancos podem suspender atendimentos em agências selecionadas e alterar horários de atendimento, mas devem continuar prestando atendimento de serviços essenciais à população.
 
Fontes:
 
 
 
 
 
 
Autor: Raquel Fernanda Guariglia Escanhoela

- Newsletter -

- Sobre Nós -

​Escanhoela Advogados Associados - EAA tem sua história vinculada há décadas com a atividade forense, cujo início remonta ao ano de 1949 quando o patriarca da família, Lázaro Paulo Escanhoela, iniciou suas atividades como funcionário do Fórum da Comarca de Piedade.

- Estamos aqui -

- Endereço -